jusbrasil.com.br
14 de Novembro de 2018

Deborah Secco é condenada por desvio de dinheiro público

Shankar Cabus, Analista de Desenvolvimento de Sistemas
Publicado por Shankar Cabus
há 5 anos

Atriz terá de devolver mais de 158.000 reais aos cofres públicos. Cabe recurso.

Deborah Secco foi obrigada pela Justiça a devolver 158.191 reais aos cofres públicos. A atriz foi condenada por desvio de verbas públicas, em ação de enriquecimento ilícito e improbidade administrativa. A mãe, os irmãos e a produtora da família também foram punidos e precisarão restituir 446.455 reais.

Deborah Secco na gravao do seriado da TV Globo Louco por Elas no Rio de Janeiro

A sentença é do juiz Alexandre de Carvalho Mesquita, da 3ª Vara de Fazenda Pública, divulgada no último dia 24. De acordo com a decisão, a pena ainda prevê uma multa de 5.000 reais, a suspensão de direitos políticos e a proibição de firmar contratos com o Poder Público ou receber incentivos fiscais. Cabe recurso.

Na conta de Deborah teriam sido descontados dois cheques - nos valores de 77.000 e 81.000 reais - referentes a desvio de verbas de um esquema fraudulento envolvendo a Fundação Escola do Serviço Público (Fesp) e ONGs. Quantias ainda maiores foram depositadas nas contas da Luz Produções (163.700 reais) e dos parentes da atriz (282.500).

Segundo as investigações, órgãos do governo do Rio contratavam a Fesp para realizar projetos mesmo sabendo que ela não conseguiria cumprir o combinado. A fundação, então, repassava os contratos às ONGs representadas pelo pai da atriz, Ricardo Tindó Ribeiro Secco, chefe do esquema. Na conta dele e da mulher, Angelina, foram depositados 453.000 reais.

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/celebridades/deborah-seccoecondenada-por-desvio-de-dinheiro-publi...

40 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

"Bonitinha mas ordinária" continuar lendo

Engraçado....nao me lembro de ter visto tal notícia no jornal nacional. É triste como a nossa mídia é seletiva na divulgação das notícias. continuar lendo

Fiquei até surpreso de ter saído no G1... continuar lendo

Interessante, como os comentaristas insistem na maledicência contra uma família em uma ação da qual cabe recurso e se apressam nas difamações, deveriam carregar as baterias contra os políticos corruptos que aí estão e que provavelmente estarão com os mandatos garantidos "per omniam saeculum seculorem", pois nós pobres eleitores deste Brasil de interesseiros, abonamos suas bandalheiras com suas reeleições infinitas. Milhares de brasileiros têm pendências com o fisco e nem por isso podem ou devem ser taxados de sonegadores ou outras coisas mais, ao fisco cabe atuar para a cobrança dos débitos fiscais. Agora mesmo a notícias que o governo está dando 240, pasmem 240 meses para os times de futebol sanarem suas dívidas, isso é que é um escândalo, e jogadores ganhando mais de UM MILHÃO DE REAIS mensais e achando pouco ainda. Joguem pedras ou pedreiras no alvo certo, não desviem seu foco. continuar lendo

Como diz o ditado: "A oportunidade faz o ladrão", ela se valeu da sua imagem para fazer os contatos e contou com a impunidade, visto que cabe recurso. continuar lendo

Eu diria que "a impunidade faz o ladrão". continuar lendo