jusbrasil.com.br
25 de Fevereiro de 2018

Marcelo Odebrecht ameaça derrubar a República

“Terão de construir mais 3 celas: para mim, Lula e Dilma”, dizia Emilio Odebrecht, sobre possível prisão do filho. O presidente da Odebrecht, Marcelo, foi preso nesta sexta

Shankar Cabus, UX Designer
Publicado por Shankar Cabus
há 3 anos

Marcelo Odebrecht ameaa derrubar a Repblica

[ Trecho de reportagem de capa de ÉPOCA desta semana ]

Desde que o avançar inexorável das investigações da Lava Jato expôs ao Brasil o desfecho que, cedo ou tarde, certamente viria, o mercurial empresário Emilio Odebrecht, patriarca da família que ergueu a maior empreiteira da América Latina, começou a ter acessos de raiva. Nesses episódios, segundo pessoas próximas do empresário, a raiva – interpretada como ódio por algumas delas – recaía sobre os dois principais líderes do PT: a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A exemplo dos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, outros dois poderosos alvos dos procuradores e delegados da Lava Jato, Emilio Odebrecht acredita, sem evidências, que o governo do PT está por trás das investigações lideradas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. “Se prenderem o Marcelo (Odebrecht, filho de Emilio e atual presidente da empresa), terão de arrumar mais três celas”, costuma repetir o patriarca, de acordo com esses relatos. “Uma para mim, outra para o Lula e outra ainda para a Dilma.”

Na manhã da sexta-feira, 19 de junho de 2015, 459 dias após o início da Operação Lava Jato, prenderam o Marcelo. Ele estava em sua casa, no Morumbi, em São Paulo, quando agentes e delegados da Polícia Federal chegaram com o mandado de prisão preventiva, decretada pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal da Justiça Federal do Paraná, responsável pelas investigações do petrolão na primeira instância. Estava na rua a 14ª fase da Lava Jato, preparada meticulosamente, há meses, pelos procuradores e delegados do Paraná, em parceria com a PGR. Quando ainda era um plano, chamava-se “Operação Apocalipse”. Para não assustar tanto, optou-se por batizá-la de Erga Omnes, expressão em latim, um jargão jurídico usado para expressar que uma regra vale para todos – ou seja, que ninguém, nem mesmo um dos donos da quinta maior empresa do Brasil, está acima da lei. Era uma operação contra a Odebrecht e, também, contra a Andrade Gutierrez, a segunda maior empreiteira do país. Eram as empresas, precisamente as maiores e mais poderosas, que ainda faltavam no cartel do petrolão. Um cartel que, segundo a força-tarefa da Lava Jato, fraudou licitações da Petrobras, desviou bilhões da estatal e pagou propina a executivos da empresa e políticos do PT, do PMDB e do PP, durante os mandatos de Lula e Dilma.

Os comentários de Emilio Odebrecht eram apenas bravata, um desabafo de pai preocupado, fazendo de tudo para proteger o filho e o patrimônio de uma família? Ou eram uma ameaça real a Dilma e a Lula? Os interlocutores não sabem dizer. Mas o patriarca tem temperamento forte, volátil e não tolera ser contrariado. Também repetia constantemente que o filho não “tinha condições psicológicas de aguentar uma prisão”. Marcelo Odebrecht parece muito com o pai. Nas últimas semanas, segundo fontes ouvidas por ÉPOCA, teve encontros secretos com petistas e advogados próximos a Dilma e a Lula. Transmitiu o mesmo recado: não cairia sozinho. Ao menos uma dessas mensagens foi repassada diretamente à presidente da República. Que nada fez.

Quando os policiais amanheceram em sua casa, Marcelo Odebrecht se descontrolou. Por mais que a iminência da prisão dele fosse comentada amiúde em Brasília, o empresário agia como se fosse intocável. Desde maio do ano passado, quando ÉPOCA revelara as primeiras evidências da Lava Jato contra a Odebrecht, o empresário dedicava-se a desancar o trabalho dos procuradores. Conforme as provas se acumulavam, mais virulentas eram as respostas do empresário e da Odebrecht. Antes de ser levado pela PF, ele fez três ligações. Uma delas para um amigo que tem interlocução com Dilma e Lula – e influência nos tribunais superiores em Brasília. “É para resolver essa lambança”, disse Marcelo ao interlocutor, determinando que o recado chegasse à cúpula de todos os poderes. “Ou não haverá República na segunda-feira.”

Antes mesmo de chegar à carceragem em Curitiba, Marcelo Odebrecht estava “agitado, revoltado”, nas palavras de quem o acompanhava. Era um comportamento bem diferente de outro preso ilustre: o presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo. Otávio Azevedo, como o clã Odebrecht, floresceu esplendorosamente nos governos de Lula e Dilma. Tem uma relação muito próxima com eles – e com o governador de Minas Gerais, o petista Fernando Pimentel, também investigado por corrupção, embora em outra operação da PF. Otávio Azevedo se tornou compadre de Pimentel quando o petista era ministro do Desenvolvimento e, como tal, presidia o BNDES.

Não há como determinar com certeza se o patriarca dos Odebrechts ou seu filho levarão a cabo as ameaças contra Lula e Dilma. Mas elas metem medo nos petistas por uma razão simples: a Odebrecht se transformou numa empresa de R$ 100 bilhões graças, em parte, às boas relações que criou com ambos. Se executivos da empresa cometeram atos de corrupção na Petrobras e, talvez, em outros contratos estatais, é razoável supor que eles tenham o que contar contra Lula e Dilma.

A prisão de Marcelo Odebrecht encerra um ciclo – talvez o maior deles – da Lava Jato. Desde o começo, a investigação que revelou o maior esquema de corrupção já descoberto no Brasil mostrou que, em 2015, é finalmente possível sonhar com um país com menos impunidade. Pela primeira vez, suspeitos de ser corruptores foram presos – os executivos das empreiteiras. Antes, apenas corruptos, como políticos e burocratas, eram julgados e condenados. E foi precisamente esse lento acúmulo de prisões, e as delações premiadas associadas a elas, que permitiu a descoberta de evidências de corrupção contra Marcelo Odebrecht, o empreiteiro que melhor representa a era Lula. Foram necessárias seis delações premiadas, dezenas de buscas e apreensão em escritórios de empresas e doleiros e até a colaboração de paraísos fiscais para que o dia 19 de junho fosse, enfim, possível.

As provas contra a Odebrecht

Os documentos obtidos pela Lava Jato mostram como a empreiteira seguiu o roteiro de obras superfaturadas e obteve informações privilegiadas para acertar contratos com a Petrobras

Marcelo Odebrecht ameaa derrubar a Repblica

Sobrepreço - Em e-mail, assessor de Marcelo Odebrecht fala em superfaturamento. O chefe não se fez de rogado. E respondeu: é para acelerar as tratativas com os concorrentes (Foto: Reprodução)

Marcelo Odebrecht ameaa derrubar a Repblica

Informação privilegiada - O diretor da Odebrecht Rogério Araújo avisa que sabia de orçamento interno da Petrobras. Horas antes ele se encontrara com o diretor Paulo Roberto Costa (Foto: Reprodução)

Marcelo Odebrecht ameaa derrubar a Repblica

Amigo do peito - A Polícia Federal anexou na investigação mensagens de outro empreiteiro, Léo Pinheiro, da OAS. Lula era sempre citado e tinha até apelido. E, claro, era sempre elogiado (Foto: Reprodução)


Por: Filipe Coutinho, Thiago Bronzatto e Diego Escosteguy

Fonte: http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2015/06/marcelo-odebrecht-ameaca-derrubar-republica.html

339 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Quero que o circo pegue fogo mesmo. A destruição é o primeiro passo no processo de reconstrução! Vamos ver se agora a estrutura é abalada! continuar lendo

Conselho ao Marcelo Odebrecht:
Marcelo, DOIS dias da sua vida que você já perdeu por não apontar logo os chefes da quadrilha. Vai querer perder mais quantos? Vai querer ficar igual ao Marcos Valério? Condenado em última instância a 40 anos na prisão? Faça logo um acordo de delação premiada! Ajude o Brasil! Ajude a você mesmo e ajude sua família! Conte a verdade! continuar lendo

A ignorância política é a arma dos mais fortes contra a maioria da população. continuar lendo

"Cry 'Havoc!', and let slip the dogs of war". continuar lendo

Acho estranho que só agora, quando o filho está sendo preso, o cidadão tem ares de repulsa.
Enquanto estava se locupletando e recebendo seus milhões e pagando propinas, recebendo com isto benesses, estava tudo bem ?
Ora, se sabia antes porque não denuncio e colocou a boca no mundo ?
Cheira a chantagem, safadeza e malandragem.
Não sou a favor do PT, dos roubos, das safadezas e não sou a favor de roubalheira.
Mas estes, pai e filho foram durante anos coniventes com tudo que aconteceu de ruim e aproveitaram a era Petista para enriquecer.
Deviam ir todos para a cadeia.
E não adianta ficar bravinho. Já se provou que fazem parte da "tchurma"...
Porco tambem grita antes de morrer. E dá uma boa feijoada. continuar lendo

Michel Scapini, como diz a reportagem, recado foi envaido à Presidência, que nada fez, ou seja, não há provas contra Dilma, por isso ela não se importa. continuar lendo

Ouso perguntar:
Que república? continuar lendo

A culpa é somente nossa, povo brasileiro. Precisamos PARAR de colocar a cupa nos políticos, afinal ELES não estariam lá se não fosse por NÓS que os elegemos e pior; muitos deles..... os reelegemos.
Somos co-autores dessa roubalheira generalizada que campeia nossa terra,
ainda hoje ouço pessoas dizerem: "voto no Maluf pois ele rouba mas faz" ?
Voto no Lula por que mais pessoas sairam da pobreza (e sabemos que é mentira), outros mais dizem; voto na Dilma pois ela é a mãe dos pobres.
Tenham a santa paciência, queremos ser roubados, queremos ser desrespeitados, quantos de nós levanta da poltrona e participa de atos de repúdio a esse governo e aos maus políticos? Poucos...muito poucos.
Somos uma mistura de raças sem NENHUM patriotismo ou nacionalismo, ficamos na maioria das vezes esperando que outros façam a nossa parte, e enquanto seguir-mos dessa maneira, nada mudará !! continuar lendo

Eu só acho que a Dilma já derrubou tudo que tinha que derrubar;

agora seria o caso apenas de entrerrar os destroços. continuar lendo

Minha Picanha está louca para ir para a churrasqueira o dia que a Dupla Dinâmica for para a Papuda. continuar lendo

mande um e-mail para o marcelo

mbahia@odebrecht.com continuar lendo

Super apoiado! continuar lendo

Só vou comemorar quando vir os 2 maiores bandidos de toda a história deste país irem para trás das grades. Por enquanto só estou animada. continuar lendo

Você é otimista... eu acho que tem bandidos muito piores ainda soltos e nada ameaçados de serem pegos por aqui. continuar lendo

Vê-los na Papuda é o sonho de todo brasileiro de bem ! continuar lendo

Quando você escreve isso um monte de nomes e sobrenomes me veem a cabeça, Neves, Richa, Calheiros, Dilma, Lula ,Marinho, Marcelo Oderbrech, Marcos Valério,etc,etc ,etc,etc.Só duas operações da PF, Zelotes e Lava jato prendem umas 100 pessoas por mês envolvidas em corrupção, prostituição de menores e mais um monte de crimes, e você acha que o problema são só duas pessoas?Sério?Desculpa, mas na minha opinião a culpa do caos politico que estamos vivendo é de gente que acredita nisso, que duas pessoas pessoas ou mesmo um partido pode ser responsável por toda essa bagunça, e no seu oposto, que a solução do problema deva depender de apenas um ou dois salvadores, Moro e Barbosa, eu não caio nessa, porque sei como termina. continuar lendo

Mais o Moro não investiga nem o FHC nem o Aécio? continuar lendo

Na verdade os políticos não são os grandes bandidos do país, estão entre eles, ou mais precisamente são os que põe a cara para bater ... afinal pq alguém faria tantas generosas doações a partidos políticos?

Claro que querem um enorme retorno, e na eleição passada vimos que tanto Dilma, como Aécio e Marina receberam generosas doações de construtoras.

Tá difícil ver uma saída para o Brasil. continuar lendo

Tô contigo, Rodrigo Silva!

Perfeito seu comentário. Já temos informação suficiente para, além de desconfiar, ter certeza de que o problema é estrutural, não se trata apenas de A ou B, nem do partido X ou Y.

“Nothing in the world is more dangerous than sincere ignorance and conscientious stupidity.” ("Nada no mundo é mais perigoso que a ignorância sincera e a estupidez consciente")
― Martin Luther King Jr.

Então, devemos todos, sim todos os comprometidos com a verdade e o futuro, buscar mudar essa realidade que assola nosso país de maneira enraizada nas entranhas de nossa cultura, mas que já não podemos mais suportar nem, principalmente, tolerar.

“Intelligence plus character-that is the goal of true education.” ("Inteligência mais caráter - esse é o objetivo da verdadeira educação")
― Martin Luther King Jr.

Desculpem-me as citações, mas as achei de estrema pertinência.

Eu acredito em um mundo melhor, em um Brasil melhor!

Enquanto há vida, há esperança!

=) continuar lendo

Ana. Vai ser difícil prender o FHC e o Lula. A investigação só vai até o início do governo Lula. continuar lendo

Comemorar o quê? a saída de duas figuras somente porque você torce por outras duas ou três?. Ou se investiga o problema estrutural da corrupção no Brasil ou nunca passará de uma operação deflagrada politicamente contra um partido e uma pessoa. A ideia então se resume em: Prefiro ser roubada pelos limpinhos e cheirosos, intelectuais, do que por quem tem cheiro de povo? ...posição no mínimo inconsequente... continuar lendo

tem que prender é o eleitor analfabeto, burro, estupido, que vota na nesta turma, mesmo sabendo que eles são.E isto serve para os eleitores de todos os partidos.
No momento em que o brasileiro se der conta que todos os políticos, indistintamente não prestam, a coisa muda.

Mas como mudar se 40% da população é malandra, vive de cesta básica, salário fome, uma parte recebe para apoiar os sem terra, uma parte é funcionário público que não trabalha, e assim vai.

E tem que prender também todo tipo de advogado que defende esta turma, mesmo sabendo que esta sendo pago com dinheiro desviado.
Sim, porque se o cara rouba e paga o advogado com dinheiro roubado, que nome se dá a isto senão parceria (conivência). continuar lendo

Um País onde o governo recebe traficante venezuela no Palacio do Planalto, fomenta movimentos de criminosos invasores de terras em total desrespeito ao direito de propriedade daqueles que trabalharam para adquiri-las. Poder Judiciário carcomido pela corrupção e dominado pela criminalidade. Ordem e Associações que mais prestam para influenciar em leis que tornam a justiça lenta, injusta e desumana e consagram a Constituição Federal como Constituição Cidadã, que hoje mais serve a um bando de criminosos hediondos às vistas do Povo.
Que venham os que querem defender este estado de coisas nojentas. Se a republica cair, milhares de cidadãos honestos, que sempre levantaram este País estarão aplaudindo de pé e com arma em punho. Chega destas ideologias comunistas e retrogradas que só levaram os países que a adotaram ao caos, desordem, ignorância, repressão e medo, para manter uma corja de criminosos no poder. continuar lendo

Bela demonstração, na prática, de que realmente todos são iguais perante a Lei, independente da condição econômica e do poder político, nos propiciada pelo MAGISTRADO SÉRGIO MORO. Sua Excelencia está de parabéns pela 14ª fase da LAVA JATO. Esperamos que na próxima fase, finalmente, LULA faça companhia aos seus cúmplices na CADEIA. continuar lendo

Com que ansiedade também espero que Lula, Dilma e seus asseclas sejam presos. continuar lendo

Deveria ter sido reservada a 13ª fase (13) para os chefões do PT... continuar lendo

Dia de Glória para o Basil: LULA E DILMA ALGEMADOS para inicio da prestação de contas a Sociedade Brasileira. Depois vem a condenação: 40 anos para cada um. A PAPUDA os espera com festa Nacional !!! continuar lendo

Na democracia, todos são iguais e alguns mais iguais ainda.
O Brasil é uma republica das elites privilegiadas.
Já o ex-presidente e senador Sarney, por ter um curriculo, não podia ser tratado como qualquer um. Como que Lula ou Dilma ? continuar lendo

O MAGISTRADO SÉRGIO MORO, habil, esperto e sigiloso, ele sabe que seu Lula e Dona Dilma e quadrilha estão metido ate o pescoço com essa corrupção, sabe muito bem quem são os chefes dessa quadrilha maldita, mas em nenhum momento falou sobre esses dois bandidos,nem precisa falar ele sabe que mais cedo ou mais tarde seus prisioneiro entregarão o grande Brahma e sua cria, é só uma questão de tempo. E cabe ao povo levar esses trastes pra cadeia. continuar lendo